Aonde está o seu amor?

marchaprajesus

Foto: Fayson Rodrigo Merege Barbosa

Dentro do templo você canta, grita, chora, louva, ergue a mão e O adora. Durante o culto você faz questão de mostrar o quanto ama a Deus, canta os louvores com tanta vontade, prega e ouve sobre o amor. Sorri e abraça todos lá dentro, são seus irmãos e você dá a entender que os ama. Dentro das quatro paredes você é um verdadeiro discípulo de Cristo, que belo exemplo!

Mas assim que acaba o culto você volta pra casa reclamando do som, dos músicos, da água, do dízimo, da cantina, da atitude do pastor, da roupa de tal irmã… Em casa qualquer coisa é motivo pra você reclamar, xingar e praguejar; esquecendo que as palavras tem poder. Canta que o louvará independente das circunstâncias, mas falta dinheiro e já sai reclamando da sua vida, do quanto Deus é injusto, afirmando que Ele se esqueceu de ti. Deus não deixa faltar moradia, vestes, nem o pão de cada dia, mas não sobrou dinheiro pra comprar um vestido novo pra exibir na Ceia. Que vida triste, não?!

Diz que O adora, mas apoia com força movimentos e opiniões preconceituosas contra LGBTs. Afinal Deus abomina o pecado e essa raça merece morrer, não é mesmo?! Eu sei que você mente, engana, trai, é hipócrita, não ajuda o próximo, dá sempre o jeitinho brasileiro pra ganhar vantagem em tudo, mas o pecado deles é muito maior, né? É, eu entendo. Ao Cubo já falou sobre essa gente que usa a Bíblia pra mascarar preconceito, covardes que se escondem atrás da Bíblia, mas você definitivamente não faz parte desse grupo, certo? Porém, o grupo já deu a resposta: ódio é doença e tem cura, viu? É só querer!

Diz ser imitador de Cristo, mas desvia quando passa perto de mendigos. Deus te livre de chegar perto dessa gentinha que cheira mal, credo! Você super apoia aquelas campanhas sobre doação de sangue, mas é ocupado demais pra ir doar. Espero que, se um dia você ou alguém que você ama precisar disso, as pessoas não estejam ocupadas demais. Você acha tão bonito essas pessoas que fazem caridade com crianças. Você até tem vontade de fazer isso um dia, mas não tem paciência para aquele monte de criança que querem ficar abraçando e beijando o tempo todo, até parece que nunca tiveram essas demonstrações de carinho…

Você prega sobre o amor, mas aonde está o seu amor? Onde está a necessidade que você deveria sentir de ajudar e mostrar a luz para todos que vivem na escuridão? A fé sem obras é morta! Olhe ao seu redor e veja o tanto de gente que precisa de ajuda. Seja uma demonstração de carinho, alguém que esteja passando qualquer tipo de necessidade, alguém que precisa desesperadamente conhecer Aquele que pode fazer todas as coisas.

Existe uma frase de São Francisco de Assis que eu amo e guardo comigo: Evangelize sempre. Se necessário, use palavras. Evangelizar não é só jogar um panfleto na mão de uma pessoa. Evangelizar é dar alimento a quem tem fome, roupa ao que sente frio, água ao que tem sede, é dizer ‘bom dia’ ao porteiro, é dispor do seu tempo em prol de outros, é orar (e agir) por quem precisa, é perdoar, é fazer o bem por quem não merece, é abraçar o necessitado, tomar para si a dor do seu irmão, é ser um verdadeiro imitador de Cristo apesar das falhas e limitações.

Evangelizar é amar, aonde está o seu amor?


 

Sejam loucos por Jesus! 😉

Anúncios

7 comentários sobre “Aonde está o seu amor?

  1. Mari_Estrela disse:

    Já deixei de frequentar um lugar… porque saiamos e no caminho a pessoa ia falando sobre tudo isso… e eu me questionava, se acabamos de falar sobre Deus e amor, como conseguimos virar a chave e falar mal das pessoas que estavam lá?
    E desde então eu aprendi a conversar com Deus sozinha…. É…. temos muito ainda o que aprender…. (Obrigada pelo post!)

    Curtir

  2. Ruhh Belle (@thoughts_and_adventures) disse:

    Gente, como eu posso respirar depois desse post?! Caramba! Arrasou. Completamente e simplesmente incrível. Eu vi em meu e-mail que tinham atualizado, então logo corri aqui e estou decidindo que parte eu escolho para compartilhar na minha timeline Kkkkk Parabéns pelo post, sério mesmo! Ainda estou tentando processar direito tudo que fora dito! Realmente, existem pessoas que só sabem falar e mostrar nas ações nada, não é? Adora dizer que crê em Deus e que serve ele, mas na hora punk mesmo… Cadê? Nas horas de sufoco culpa Deus pelas próprias escolhas erradas na vida, ou culpa o diabo, dando justificativas para o pecado que A PESSOA permitiu-se cometer.
    Pois é… É difícil te defender, amigo que se diz cristão da boca para fora :/
    Andar em amor não é só com palavras, mas com atitudes! Ótimo post, palmas, palmas e palmas!
    Fica na paz 😀

    {http://www.thoughtsandadventures.com.br/}

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s